A Empresa


SEGURANÇA ELETRÔNICA COM ALTA TECNOLOGIA


O setor de segurança eletrônica está em pleno crescimento, e para suprir a necessidade de profissionalização do mercado nasceu em 2012 a Protezione. Em parceria com a Holding de Franquias Multissetoriais SMZTO, a Protezione atua no segmento de serviços de segurança eletrônica, com tecnologias atuais e uma marca que se consolidará de forma rápida e abrangente em todo território nacional.


A Protezione inclui a comercialização de equipamentos de última geração, e oferece serviços de monitoramento e suporte técnico para garantir a qualidade e eficiência de cada atendimento.


Missão


Colocar à disposição de pessoas, empresas e instituições, as melhores soluções tecnológicas disponíveis, agregadas à serviços de alta qualidade, com custos compatíveis, e que resolvam as aflições diárias com a segurança pessoal de entes queridos e do patrimônio das pessoas, agregando valor à comunidade, aos funcionários, aos franqueados, parceiros e acionistas.


Visão


Seremos a marca mais difundida do Brasil. Reconhecida como provedora de soluções de segurança e tranquilidade para as pessoas, por meio das melhores tecnologias e serviços de alta qualidade.


Valores


Valorizar o trabalho das pessoas em toda cadeia produtiva; Atender as expectativas de nossos clientes; Cultivar as melhores relações com nossos clientes, funcionários e franqueados; Disponibilizar as melhores tecnologias para atender as necessidades dos nossos clientes.

O Mercado


Vários fatores são responsáveis pelo crescimento do mercado nacional de sistemas eletrônicos de segurança, como o aumento da criminalidade nas cidades, o desenvolvimento dos setores comerciais, gerado pela realização dos eventos esportivos com sede no Brasil e o uso das tecnologias pela classe média brasileira.


A região Sudeste, por exemplo, representa 40% do mercado de segurança eletrônica, sendo que aproximadamente 85% do consumo de equipamentos é absorvido pelo setor industrial e comercial. Sistemas de CFTV (44%), sistemas de alarme (23%), controle de acesso (23%) e equipamentos de detecção e combate a incêndio (10%), são as principais tecnologias, de acordo com dados da Abese (Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança).


O mercado de sistemas eletrônicos de segurança registrou uma taxa de crescimento de 9% de 2012 para 2013 e faturamento superior a R$ 4,2 bilhões. No país este mercado, é responsável por gerar 200 mil empregos diretos e mais de 1,7 milhão indiretos.